Menu 

Nem Vais Acreditar como É que estas Celebridades são na Vida Real

Nem vais acreditar quando vires como estas famosas são na vida real. Apesar de serem famosas, elas são pessoas normais, também têm celulite e excesso de peso. Neste álbum as fotos captadas não foram no seu melhor momento, mostrando uma grande diferença do que vemos nas revistas.

Australiano com sangue raro já salvou mais de 2 milhões de bebés

aust

Um homem australiano que há 56 anos doa sangue – de um tipo extremamente raro – já salvou a vida de mais de dois milhões de bebés. James Harrison, 74 anos, tem um anticorpo no seu sangue capaz de salvar fetos com a doença de rhesus, uma incompatibilidade sanguínea entre mãe e filho.

Harrison permitiu a inúmeras mães darem à luz bebés saudáveis, graças ao seu tipo de sangue – incluindo a sua própria filha. Ele é dador regular desde os 18 anos, tendo já atingido um total de 984 doações. Mal se tornou dador, o seu sangue foi considerado tão especial que a sua vida foi assegurada em €758 mil (R$ dois milhões).

Já foi apelidado de “o homem com o braço de ouro” ou “o homem em dois milhões”. O seu sangue milagroso tem até permitido o desenvolvimento de uma vacina chamada Anti-D.

Harrison prometeu tornar-se dador aos 14 anos, quando foi submetido a uma cirurgia ao peito que lhe exigiu uma transfusão de 13 litros de sangue. “O sangue que recebi salvou-me a vida, por isso eu fiz a promessa de doar assim que tivesse 18 anos”, explica ele. Só aí é que foi descoberto o anticorpo raro de que era portador.

Milhares de bebés da Austrália morriam a cada ano vítimas da doença de rhesus. Outros recém-nascidos sofreram danos cerebrais permanentes devido a esta condição. A doença, que cria uma incompatibilidade entre o sangue da mãe e o do bebé, acontece por um ter sangue Rh positivo e o outro Rh negativo.

Quando se ofereceu para se submeter a uma série de testes na ajuda ao desenvolvimento da vacina Anti-D, Harrison – que é Rh negativo – recebeu transfusões de sangue Rh positivo. Percebeu-se então que o seu sangue podia tratar a doença e, desde então, tem sido administrado em centenas de milhares de mulheres. Já foi também dado a bebés recém-nascidos para impedir que desenvolvam mais tarde a doença.

Até hoje, estima-se que este homem já tenha ajudado a salvar 2,2 milhões de vidas. Harrison há-de chegar à milésima doação em Setembro deste ano.

Fonte:

Anedota: Segredinhos Perdoáveis!

Dois anos depois do casamento, o marido de consciência pesada encara a mulher:

- Benzinho, vamos jogar o jogo da verdade. Contamos os nossos segredos, juramos guarda-los um para o outro e no fim a gente se perdoa.

- Combinado, amorzinho.

- Bem, vou começar – diz o homem, nervoso. – Dois meses depois que nos casamos, eu tive um caso muito louco com a tua irmã…

- O quê? Mas logo com a minha irmã? – ela interrompe, furiosa.

- Espera um pouco, prometeste que perdoarias…

- Está bem, estás perdoado, amorzinho. E agora é a minha vez…

- Claro, claro! – ele diz, aliviado. – Que pecadinho tens para contar pra mim, doçura?

- Amorzinho, dois anos antes de a gente se casar eu era homem…

Cadelinha vê a dona passados 2 anos e desmaia de emoção!

Rebecca Ehalt esteve emigrada num país europeu durante 2 anos, e a sua cadelinha ficou em casa com parentes, nos Estados Unidos da América.

Quando a dona regressou da viagem, e isto passados pelo menos 14 anos em vida de cão, a cadelinha de nome Casey reagiu de uma forma que mais uma vez vem provar que os animais não têm apenas interesse em quem lhes dá comer, não agem apenas por instinto, têm mesmo sentimentos para quem duvida!

A emoção foi tão forte que pelo meio de gemidos e pulos, por momentos a cadelinha chegou mesmo a desmaiar de tanta felicidade.

No final tudo correu bem, esperemos que a dona quando se auentar considere levar o bichinho com ela senão no regresso a emoção pode ser tal que o coração da cadelinha pode não aguentar a próxima :)

Cão desmaia ao rever a dona depois de dois anos de ausência!

Foi muita emoção para um cãozinho só! A dona deste cãozinho ausentou-se para morar e trabalhar na Eslovénia, e só voltou a casa, em Murrysville, PA, passados dois anos, para um casamento. O cão, ao rever a dona, emociona-se de tal maneira que desmaia.

É que dois anos nossos são SÓ 14 anos em vida de cão!

Anedota: O caçador e os esquilos….

Dois caçadores, um experiente e outro novato, vão à caça em África.
Quando chegam ao local da caçada, o mais experiente diz para o outro:

- Ficas aqui e não fazes barulho nenhum.

O mais novato ficou quieto debaixo de uma árvore, enquanto o outro foi andando. Passados alguns minutos, ouve-se um grande grito. O mais experiente vem a correr, chega ao pé do outro e pergunta:

- Eu não te disse para não fazeres barulho?

- Eu sei e tentei. Até passou aqui um leão, olhou para mim e eu não disse nada. Uma cobra enorme chegou ao pé de mim, subiu por mim acima e eu não disse nada. Só que chegaram dois esquilos que subiram por dentro das minhas calças e começaram a conversar:

-Comemos aqui as nozes ou levamos para casa?